Anvisa vai identificar hospitais que compraram colírio contaminado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 19 de junho de 2003 as 18:32, por: cdb

Cinco técnicos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) estão em Belo Horizonte, capital mineira, e São Paulo, inspecionando os laboratórios farmacêuticos Mediphacos e Oft-Vision, respectivamente.

O primeiro foi o responsável pela distribuição do colírio Methyl Lens Hypac 2% fabricado pela empresa clandestina Lens Surgical. O segundo, já interditado, produziu e vendeu o medicamento Oftvisc, contaminado por bactérias.

Tanto o Methyl Lens como o Oftvisc são à base de metilcelulose e usados durante operações de catarata.

Os dois são suspeitos de terem cegado pelo menos 23 pessoas no Estado do Rio, além de outras duas em Pernambuco e sete em São Paulo. A Anvisa quer identificar todos os hospitais para os quais os produtos contaminados foram vendidos.