Annan se espanta com a destruição em Aceh

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 7 de janeiro de 2005 as 06:48, por: cdb

O secretário-geral da ONU, Kofi Annan, disse que “nunca vi tanta destruição”, em referência à província indonésia de Aceh, ao norte de Sumatra.

Annan, que viajou, nesta sexta-feira, desde Jacarta a esse território, sobrevôou de helicóptero a zona devastada pelos efeitos do sismo e do posterior “tsunami” (onda gigante) que em 26 de dezembro deixou sem rastro de vida pelo menos 240 quilômetros do litoral de Sumatra.

O secretário-geral da ONU comentou que somente para os primeiros seis meses será necessário 1 bilhão de dólares, depois de ser testemunha direta da desolação dessa região, a mais castigada entre as doze nações afetadas pelo maremoto.

Annan disse que os afetados vão precisar de muita ajuda para construir suas casas e para superar seus traumas, e se disse confiante de que com o tempo, “e com ajuda”, a gente de Aceh poderá refazer suas vidas e seguir adiante.

O principal responsável da ONU, organização encarregada de coordenar as milionárias doações feitas pela comunidade internacional, viajará hoje ao Sri Lanka, a segunda nação mais castigada depois da Indonésia.

A ONU calcula que por volta de 150.000 pessoas morreram neste cataclismo, que além disso deixou um milhão de feridos.