Annan mostra cautela sobre volta da ONU ao Iraque

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 13 de abril de 2004 as 12:31, por: cdb

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas, Kofi Annan, se mostrou cauteloso na terça-feira sobre o retorno da ONU ao Iraque. Ele afirmou que a violência no país representa uma grande restrição no futuro próximo.
Annan afirmou a repórteres, na sede da ONU, que mesmo a pequena equipe presente no país no momento, liderada por Lakhdar Brahimi, está sendo impedida de ajudar na formação de um governo interino e nas eventuais eleições.
“É claro que dada à situação de deterioração e à violência, mesmo aquela missão está se tornando difícil”, disse o secretário.
“Para o futuro próximo, a insegurança vai ser uma grande restrição para nós. E, por isso, eu não posso dizer no momento que eu vou mandar uma grande equipe da ONU”, acrescentou.
“Obviamente estamos monitorando a situação muito de perto, e estamos fazendo o melhor que podemos”, declarou Annan, acrescentando que terá uma noção melhor da situação quando Brahimi voltar a Nova York.
A ONU retirou sua equipe permanente do Iraque em outubro.