Annan defende iniciativa global para a imigração

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 21 de novembro de 2003 as 21:55, por: cdb

O secretário-geral da Organização das Naçõoes Unidas (ONU), Kofi Annan, lamentou nesta sexta-feira que “fronteiras mais fortificadas não são necessariamente mais inteligentes” e disse que os governos poderiam lidar de maneira melhor com suas preocupações sobre imigração se trabalhassem em conjunto para harmonizar suas políticas.

Cerca de 175 milhões de pessoas, ou 3% da população mundial, vivem fora dos países em que nasceram, disse Annan em seminário na Universidade de Nova York.

A mobilidade que demonstram, os US$ 88 bilhões que enviam para seus países a cada ano e a promoção da diversidade cultural deveriam ser motivo de comemoração, avalia Annan.

Mas afirmou que o fenômeno também provoca o receio sobre a participação de imigrantes em atos terroristas, suprimindo empregos ou diminuindo os orçamentos de serviços sociais.

– Essas são preocupações compreensíveis e devem ter uma resposta. As respostas não são fáceis. Mas vim aqui hoje para dizer que elas não estão no bloqueio à imigração, uma política que está fadada ao fracasso – afirmou.