Amorim diz que Lula fará pronunciamento sobre guerra no Iraque

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 19 de março de 2003 as 16:54, por: cdb

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, afirmou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve fazer um pronunciamento à Nação sobre o conflito entre os Estados Unidos e o Iraque, mas ainda não há definição sobre quando será.

Ele disse que o governo brasileiro continua acompanhando os desdobramentos da iminente guerra e fez um relato sobre as últimas conversas que Lula manteve com o dirigentes da América Latina e de outros continentes, e sobre os telefonemas trocados com o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Kofi Annan.

Segundo o chanceler brasileiro, a posição do Brasil em relação ao conflito permanece a mesma, que é a defesa de uma solução pacífica para o caso. Durante a reunião de ministros realizada hoje, Amorim fez uma explanação sobre a posição brasileira em relação ao conflito e as ações tomadas pelo governo.

Segundo o chanceler, o governo brasileiro considera que qualquer ação militar sem o endosso expresso do Conselho de Segurança da ONU põe em risco a própria estrutura da organização.