Americanos acreditam mais em Kerry do que em Bush contra o terror

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 22 de junho de 2004 as 08:25, por: cdb

A guerra no Iraque continua dividindo os americanos, mas, pela primeira vez, a maioria considera que o senador democrata John Kerry mais preparado do que o presidente George W. Bush, para liderar a luta contra terrorismo, de acordo com uma pesquisa de opinião publicada pelo jornal “Washington Post” e a rede ABC News nesta terça-feira.

Faltando menos de cinco menos para as eleições presidenciais nos EUA, cerca de 48% dos americanos disseram confiar mais em Kerry para enfrentar a ameaça terrorista, contra 47% mais em Bush, que há dois meses tinha uma vantagem de 21 pontos sobre seu rival democrata justamente na questão do terrorismo.

Sobre o Iraque, 52% dos entrevistados acham que a guerra não valeu a pena, 47% acham o contrário, e 71% (sete em cada dez) consideram ‘inaceitável’ o elevado número de baixas e vítimas que o conflitou deixou.

A pouco mais de uma semana dos EUA entregarem a soberania aos iraquianos em 30 de junho, os americanos manifestam sentimentos dispares sobre a situação e o futuro do Iraque, enquanto especialistas prevêem que a guerra terá um papel decisivo nas eleições presidenciais dos EUA, em 2 de novembro.

Apesar de a maior parte dos americanos continuar acreditando que as tropas dos EUA devem permanecer no Iraque, o número de pessoas que são contra uma longa permanência dos soldados americanos no país árabe aumentou consideravelmente para 42%.

Por outro lado, segundo a pesquisa, também aumentou o número de americanos – dois de cada três – que pensa que houve progressos na democratização do Iraque, e 51% acham que a guerra contribuiu para a melhoria da segurança dos EUA a longo prazo.