Alunos de Sushi do Funss são avaliados em restaurante

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012 as 15:08, por: cdb

Criatividade, higiene, postura, apresentação e agilidade. Esses foram os critérios utilizados na avaliação dos 30 alunos do curso de Sushiman do Funss (Fundo Social de Solidariedade de Solidariedade), durante a prova prática que ocorreu nesta segunda-feira (27), no restaurante Taykô.

O desempenho dos alunos na prova prática foi acompanhado pela presidente do Funss, Maria Rita Haddad, diretora Maria Olívia Gonçalves e coordenadora da Casa da Solidariedade, Teresa Cristina Kalaf. Na ocasião, os futuros sushimans e sushiwomans surpreenderam os apreciadores da comida japonesa com a elaboração de pratos diversificados e coloridos.

Maria Rita parabenizou os alunos pelo empenho e dedicação com o curso e falou da importância da qualificação profissional para o segmento. “O mercado de trabalho está em ascensão e em busca de profissionais que tenham apreciação pela gastronomia japonesa e qualificação. Torcemos por todos vocês e esperamos que voltem ao Fundo Social para concluírem novos cursos”, comentou a presidente do Funss.

Com duração de 2 meses, o curso gratuito ensina os alunos a produzirem os diferentes tipos de tempero da comida japonesa, os variados tipos de corte dos peixes, o preparo do arroz e também os deliciosos molhos que completam o sabor desta gastronomia peculiar. As aulas teóricas e práticas são ministradas pelo professor Emerson Faria de Melo, sushiman há 13 anos.

Além do curso, o Fundo Social de Solidariedade em parceria com o restaurante Taykô oferece a possibilidade dos alunos fazerem estágio no restaurante, uma vez na semana, no período matutino ou noturno, quando o movimento de clientes é maior.

Segundo a gerente do espaço, Kátia Regina Vicente, os alunos estão se superando. “A cada dia a comida japonesa agrada o paladar de um número maior de pessoas e os restaurantes precisam de mão de obra qualificada para manusear e elaborar os pratos. A oportunidade oferecida pelo Fundo Social é única e o curso de excelente qualidade”, disse Kátia.

O curso de Sushi é aberto para munícipes de Jundiaí e Região com renda familiar de até três salários mínimos, características que chamaram a atenção da paulistana Rose Maria Souza. “Estou maravilhada com o nível das aulas. Sou de São Paulo e desconheço qualquer curso gratuito nessa área e, por isso, duas vezes por semana me desloco para a cidade”, afirmou a aluna.

Os alunos receberão o certificado de conclusão de curso na sexta-feira (2), na Casa da Solidariedade de Jundiaí – avenida Senador César Lacerda de Vergueiro, 111, Jardim Ana Maria. Informações sobre cursos e vagas: (11) 4521-8680.