Alemanha pretende reduzir em 10% sua carga tributária

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 30 de junho de 2003 as 10:42, por: cdb

O governo alemão quer reduzir no próximo ano em 10% a carga de impostos que recai sobre o contribuinte, o que corresponderá a aproximadamente 25 bilhões de euros a mais para os alemães gastarem e investirem.

A decisão foi tomada neste domingo numa reunião entre os principais responsáveis da coligação do governo.

O chanceler Gerhard Schröder confirmou que o governo pretende antecipar em 1 ano a 3ª etapa da reforma tributária, que havia sido planejada para 2005.

Com a introdução da mudança a partir de 2004, Schröder espera dar um novo impulso à economia alemã.

O chanceler também declarou que o governo igualmente fará cortes nas subvenções estatais. A meta é economizar 45 bilhões de euros com os gastos neste setor até 2010 .

A entrada em vigor da antecipação, entretanto, precisa ser aprovada pelo Bundesrat, Câmara Alta do parlamento alemão, sob o controle da União Democrata Cristã, maior partido de oposição.