Alemanha liberta acusado pelo 11 de setembro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 7 de abril de 2004 as 10:48, por: cdb

O marroquino Mounir El Motassadeq, única pessoa condenada por envolvimento nos atentados de 11 de setembro de 2001 nos EUA, foi libertado nesta quarta-feira na Alemanha, por determinação de uma corte de Hamburgo. O marroquino terá direito a novo julgamento, informaram as autoridades alemãs..

Motassadeq, de 29 anos, tinha sido condenado por uma corte de Hamburgo a 15 anos de prisão em 2003 por conspirar para matar cerca de três mil pessoas nos atentados com aviões nos EUA.

Entendendo que o réu não teve direito a um julgamento, uma vez que os EUA negaram acesso a uma testemunha chave que está sob custódia dos americanos, a Justiça alemã acatou um recurso da defesa. 

Motassadeq ficará em liberdade condicional, mas sem poder deixar o país até o novo julgamento, que deve começar em junho.