Aldo corta o ponto de deputado que faltou à votação

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 19 de abril de 2006 as 23:31, por: cdb

O presidente da Câmara Aldo Rebelo determinou, na noite desta quarta-feira, o corte do ponto e do salário dos 81 deputados que não compareceram à votação do processo de cassação do deputado José Mentor (PT-SP). No início da votação, o primeiro vice-presidente, José Thomaz Nonô (PFL-AL), chegou a propor o adiamento da sessão, considerando a baixa presença de deputados.

A reclamação de Nonô foi endossada por deputados favoráveis à cassação. A menor presença foi verificada na votação do processo de cassação do deputado João Magno (PT-MG), também acusado de envolvimento no “mensalão” (esquema de compra de votos em troca de apoio político). Na ocasião, votaram 426 deputados e Magno foi absolvido. Até agora, apenas três deputados foram cassados pelo plenário. Nove tiveram o processo arquivado.