Alckmin anuncia piscinão na Anchieta

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 12 de janeiro de 2005 as 19:16, por: cdb

O governo do Estado de São Paulo vai construir um piscinão nas margens da Via Anchieta, em São Bernardo do Campo, para solucionar o problema de enchentes naquela área e que provocam interdição da pista. A licitação será aberta dia 27 e o governador Geraldo Alckmin (PSDB) espera que, com essa obra, possa ser resolvido um problema jurídico na região que impede a elevação da pista da rodovia como forma de evitar enchentes. Em fevereiro, será entregue um piscinão em São Bernardo do Campo e em março um em São Caetano do Sul.

Para o governador Geraldo Alckmin, que esteve em Cubatão para inaugurar a subestação de energia elétrica da Carbocloro e visitou as obras de construção de 620 apartamentos no Bolsão Sete, entende que a elevação da pista da Anchieta é a melhor solução para o problema de enchentes no local. “O ideal é o alteamento da pista, mas quando isso acontecer, a água vai chegar mais depressa a São Caetano do Sul e há uma decisão judicial que impede a obra”, disse.

Alckmin lembrou que as marginais já são mais altas e nunca fecham por causa de chuvas. “O que fecha é a pista antiga, da década de 50, e que precisa ser elevada”. Ele entende que com o novo piscinão, o problema de enchente na rodovia será minimizado.

Solução – Alckmin revelou que a Casa Militar e a Defesa Civil do Estado estão prestando socorro às vítimas da enchente. Para ele, problema deverá será combatido com a construção dos piscinões. “A várzea não existe mais, então fazemos o reservatório artificial, mas o problema é que fizemos 15 piscinões e precisam ser feitos 37”.

Para Alckmin, a enchente de ontem ocorrida na região do Grande ABC “acontecia todas as semanas e era um problema grave, uma marca da região, mas isso está ficando mais espaçado”. Em fevereiro, será entregue o piscinão da Mercedes/Paulicéia e em março o da Guido Aliberti, em São Caetano do Sul.