Al-Jazira anuncia exigência de Osama Bin Laden

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 18 de outubro de 2003 as 14:40, por: cdb

A rede de televisão via satélite Al-Jazira, do Qatar, anunciou que emitirá uma gravação de áudio atribuída ao fundamentalista islâmico Osama Bin Laden, na qual ele exige que os Estados Unidos saiam do Iraque.

Segundo a emissora, Bin Laden dirigirá duas mensagens aos povos iraquiano e norte-americano, nas quais destaca o ponto morto dos Estados Unidos no Iraque e “aconselha o exército americano a abandonar o Iraque”.

Na gravação, Osama bin Laden, afirma que ocorrerão mais ataques suicidas dentro e fora dos Estados Unidos. A emissora ainda não colocou a gravação no ar mas extraiu dela um texto e o divulgou à mídia.

“Nós, se Deus quiser, vamos continuar a lutar contra vocês e vamos continuar o tormento com operações (suicidas) dentro e fora dos Estados Unidos até que vocês abandonem a opressão e seus atos insensatos”, disse a gravação, conforme o texto. Ele pede aos iraquianos que promovam uma guerra santa contra os “expedicionários” norte-americanos que ocupam o país.

“Vocês deveriam fazer uma jihad (guerra santa). Vocês deveriam saber que essa guerra é uma nova cruzada contra o mundo islâmico e uma guerra profética para toda a nação muçulmana”, diz o texto. O comunicado afirma ainda que os Estados Unidos se envolveram desnecessariamente em uma situação difícil no Iraque e que, claramente, estavam sofrendo.

O governo dos EUA responsabiliza a Al-Qaeda pelos ataques suicidas de 11 de setembro de 2001, que levaram o presidente George W. Bush a lançar uma guerra contra o terrorismo. Forças lideradas pelos EUA ocupam o Iraque desde a queda de Saddam Hussein, em abril, mas vêm enfrentando ataques diários, atribuídos pelos EUA a partidários do ex-presidente iraquiano, considerados terroristas. Mais de 100 norte-americanos foram mortos no Iraque desde que Bush declarou o fim do combate principal, em 1 de maio.