Airbus anuncia venda de 150 superaviões aos chineses

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 26 de outubro de 2006 as 12:37, por: cdb

Fabricante européia dos aviões Airbus, a empresa divulgou, nesta quinta-feira, a venda de 150 aeronaves A320 para a China, e anunciou que chegou a um acordo final para produzir os jatos no país, segundo o presidente-executivo da companhia. O negócio ainda envolve opções para 20 aviões A350, disse o presidente da Airbus, Louis Gallois, em Pequim, onde se encontra também o presidente da França, Jacques Chirac.

Gallois acrescentou que a Airbus concluiu acordo para construir uma planta de montagem de aeronaves A320 em Tianjin, perto de Pequim, sua primeira fábrica do gênero fora da Europa. A China, cujas grandes aquisições geralmente coincidem com visitas diplomáticas oficiais, encomendou 150 aeronaves A150, no valor de 10 bilhões de dólares em dezembro de 2005, quando o primeiro-ministro Wen Jiabao visitou a sede da Airbus em Tolouse, na França.

O pedido foi balanceado com encomenda semelhante feita à rival Boeing, que até então domina o mercado de aviação chinês, com cerca de dois terços da atual frota local.