Agassi e Davenport confirmam presença no Australia Open

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 16 de janeiro de 2005 as 14:43, por: cdb

Os ex-campeões Andre Agassi e Lindsay Davenport declararam que vão jogar o Aberto da Austrália, mas a russa Elena Dementieva ainda não confirmou presença neste domingo no primeiro Grand Slam do ano já que luta para se recuperar de um problema causado pelo forte calor.

Serena Williams, campeã em 2003, abre a temporada de Grand Slams na segunda-feira enfrentando a francesa Camille Pin, em uma chave feminina com várias ausências como as belgas Justine Henin-Hardenne e Kim Clijsters. O atual campeão, Roger Federer, também faz seu jogo de abertura amanhã contra o veterano francês Fabrice Santoro.

Com Henin-Hardenne, Clijsters e a ex-campeã Jennifer Capriati, todas contundidas, os organizadores do primeiro Grand Slam da temporada se sentiram aliviados com a confirmação de Davenport no torneio. Davenport, cabeça-de-chave número um e campeã em 2000, conseguiu se recuperar de uma bronquite e disse que melhorou após dois dias de descanso.

– Estou muito melhor e 100% – disse ela, que parecia certa em se aposentar após ser derrotada na semifinal de Wimbledon para a russa Maria Sharapova ano passado.

– Definitivamente melhorei nos últimos dias, recuperei minha voz, estou muito melhor – disse ela. A norte-americana vai pegar a campeã de Wimbledon de 1994, Conchita Martinez, na primeira rodada na terça-feira.

Sexta cabeça-de-chave, Dementieva não tem certeza se vai jogar o torneio já que tem sofrido bastante com as altas temperaturas do verão australiano.

Ela passou os últimos dias na cama tentando se recuperar, mas ainda não foi capaz de pegar na raquete neste domingo.

– Esse é o primeiro dia que consegui sair da cama –  disse Dementieva à Reuters.

Sinto que estou me recuperando, mas não estou 100%.

Se jogar, Dementieva pega a ucraniana Alyona Bondarenko na primeira rodada na terça-feira, mas disse que não tomaria uma decisão até segunda-feira.

Com o torneio comemorando seu centésimo aniversário, Agassi deu razões para os organizadores celebrarem quando confirmou que tinha se recuperado de uma contusão no quadril.

Agassi, cujo seu florido caso de amor com Melbourne começou em 1995 com o primeiro de seus quatro títulos, está na oitava cabeça-de-chave e vai pegar o alemão Dieter Kindlmann na segunda-feira.

A contusão no quadril levantou o temor de que o tenista, de 34 anos, tinha jogado sua última partida em Melbourne ano passado, mas ele melhorou bastante e disse que está pronto para jogar.

– Joguei muito bem duas horas de jogo ontem e isso é bom sinal – disse Agassi.

 – Estou 100% e vou dar tudo que tenho – disse ele.

Com Federer não mostrando nenhum sinal de cansaço, a maior parte da atenção está em quem será páreo para o suíço, que vai em busca de seu segundo título no torneio australiano.

Hewitt, que perdeu todas seis partidas contra Federer ano passado, pode pegar o suíço na final, com o australiano sendo a esperança da torcida da casa para levantar o troféu, que não é vencido por um australiano desde 1976.