Aeronáutica desmente informãção sobre desmobilização em Mato Grosso

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 18 de outubro de 2006 as 21:35, por: cdb

Em nota divulgada no começo da noite desta quarta-feira, a Aeronáutica desmentiu, em nota oficia, a informação de que está ocorrendo uma desmobilização na região em que ocorreu o acidente com o avião da Gol, no norte do estado de Mato Grosso. As buscas pelas duas últimas vítimas ainda não localizadas, bem como pelo cilindro de voz da caixa-preta, não foram encerradas.

A partir desta quinta-feira, mais militares e equipamentos do Exército serão usado nas buscas, principalmente nas buscas para achar parte da caixa-preta do vôo 1907 da Gol

Segue a nota na íntegra:

“BOLETIM DE IMPRENSA – 18/10/2006 – 18h30

O Centro de Comunicação Social da Aeronáutica (CECOMSAER) informa o seguinte sobre os trabalhos de hoje na região de Cachimbo e na fazenda Jarinã:

1 ) A Força Aérea Brasileira e o Exército não iniciaram nenhum tipo de desmobilização na região. Os trabalhos foram realizados normalmente na data de hoje e serão retomados amanhã, com o objetivo de localizar vítimas do acidente, o cilindro de voz da caixa-preta e outros destroços para a investigações em curso.

2) A operação envolve 376 militares, dos quais 156 estão envolvidos diretamente com os trabalhos na Fazenda Jarinã e no local do acidente.

3) A partir de amanhã, será ampliado o emprego de militares e equipamentos (detector de metal) do Exército nas buscas do cilindro de voz da caixa-preta.

5) No dia de hoje, não foram localizados despojos mortais.

COMANDO DA AERONÁUTICA

AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL”