Ações da CSN caem 4,25% e derrubam Bovespa

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 17 de novembro de 2006 as 19:00, por: cdb

A Bolsa de Valores de São Paulo fechou em queda nesta sexta-feira, mas bem acima das mínimas do dia. O movimento foi puxado pelas ações da Companhia Siderúgica Nacional, que caíram 4,25% depois que a companhia informou ter feito uma oferta de compra pela siderúrgica anglo-holandesa Corus, por US$ 8,04 bilhões.

O Ibovespa terminou com decréscimo de 0,32%, aos 41.029 pontos, após oscilar da mínima de 40.481 pontos à máxima de 41.164 pontos. O volume financeiro alcançou R$ 2,29 bilhões. Na semana, porém, o principal índice do segmento acionário local acumulou valorização de 0,76%.

O declínio nos preços das commodities também puxou para baixo o principal índice da bolsa paulista. O recuo nos preços do petróleo, principalmente, prejudicou as ações da Petrobras, que respondem sozinhas por pouco mais de 15% do Ibovespa.

A fraqueza dos pregões em Nova York foi mais um componente desfavorável ao mercado local. No final da jornada, porém, a melhora em Wall Street e a recuperação nos preços de alguns contratos de petróleo ajudou a reduzir as perdas locais.