Acionistas do Inter querem que Ronaldo seja expulso

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 29 de outubro de 2002 as 23:35, por: cdb

Os principais acionistas da Internazionale, durante uma reunião para aprovação do balanço financeiro do clube, fizeram um pedido inusitado ao presidente Massimo Moratti: a expulsão do brasileiro Ronaldo do quadro de acionistas do clube.

O motivo da solicitação é a indignação pela forma como o jogador deixou o clube italiano para jogar no Real Madrid. A leitura formal do pedido foi encerrada com aplausos por parte dos acionistas.

Massimo Moratti, no entanto, tratou de esfriar o eufórico ambiente: “Nosso estatuto não prevê a possibilidade de darmos cartão vermelho para ninguém. Isso nós deixamos com os árbitros”, afirmou. Vendo a irritação dos presentes com sua resposta, o presidente acabou admitindo “estudar o caso de maneira detalhada”.

Segundo o jornal Gazzetta dello Sport, já nos bastidores, depois da reunião, Moratti, que é amigo de Ronaldo, teria feito o seguinte comentário: “Sabia que ia acabar assim. Eu falei para ele escolher outra justificativa que não fosse o Cuper (técnico do time), que não era aceitável. Ele fez tudo errado. Ele está acostumado a ser o primeiro, e lá (no Real Madrid) é apenas mais um”.