AAA 6 de Setembro de 2011 – 19h03 Mandante da morte de Dorothy Stang se apresenta

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 6 de setembro de 2011 as 16:30, por: cdb

Está detido o fazendeiro Regivaldo Pereira Galvão, acusado de ser um dos mandantes da morte da missionária Dorothy Stang, em 2005. Ele tinha sido liberado horas antes, quando já havia se apresentado, porque o mandado não estava na delegacia. A prisão foi efetivada por volta das 18h, segundo a polícia.

O advogado Janio Siqueira, representante do fazendeiro Regivaldo Pereira Galvão, acusado de ser um dos mandantes da morte da missionária Dorothy Stang, em 2005, afirmou que Galvão se apresentou à Polícia Civil de Altamira (PA), às 14h de hoje (6), após a 1ª Câmara Criminal Isolada do Tribunal de Justiça do Pará decretar sua prisão preventiva.

Segundo Siqueira, o fazendeiro não havia sido preso no primeiro momento porque o documento expedido pela Justiça não estava com a polícia.

Nesta terça-feira, a Câmara negou recurso para anular o júri do fazendeiro, conhecido como “Taradão”. Ele responde pelo crime em liberdade e a defesa informou que vai recorrer da decisão. Siqueira adiantou que vai entrar com pedido de habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O criminalista afirmou que “o tribunal não fundamentou a prisão, não houve nenhum fato novo, decretaram sem nenhum motivo. Ele sempre atendeu a todas as necessidades da Justiça. A decisão foi uma surpresa para nós”. Ele vai entrar também com recurso especial no STJ contra a condenação do fazendeiro e pedir a anulação do julgamento.

Fonte: G1