A partir de segunda-feira projeto vai atender 2 mil idosos com lazer e atividades físicas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 28 de março de 2012 as 13:21, por: cdb

EsporteQuarta-Feira 28 de Março de 2012

A partir de segunda-feira projeto vai atender 2 mil idosos com lazer e atividades físicas

Foto:Denilson Secreta  

A partir de segunda-feira (02.04) 2 mil  pessoas com mais de 45 anos terão oportunidade de participar de atividades físicas, esporte recreativo, em quatro pontos de atendimentos espalhados pela cidade. É o projeto Vida Saudável, programa do Governo Federal, captado pela Prefeitura de Campo Grande e desenvolvido pela Fundação do Esporte do Município (Funesp).
O Vida Saudável tem como objetivos específicos promover o desenvolvimento de atividades educativas de esporte recreativo, de lazer e físicas, para indivíduos com idade acima de 45 anos, atendendo pessoas com deficiências, em núcleos com atividades sistemáticas como oficinas de esporte, dança, ginástica, teatro, música, orientação a caminhada e outras dimensões da cultura local, bem como a organização popular na realização de macros eventos de lazer.

Os profissionais responsáveis pelo programa desenvolvem atividades como caminhada, ginástica localizada, hidroginástica, alongamento, pilates, dança, oficinas de teatro, oficinas de artesanato, introdução à informática, passeios a parques, aos outros núcleos, dentre outras.

O Vida Saudável atenderá em quatro comunidades, no Cras Valéria Lopes da Silva (rua Marçal de Souza, 25, na Vila Popular); Instituto de Educação Eriládio Nogueira (rua Florianópolis, 765 no Jardim Imá); Centro Olímpico Prof. Ruy Jorge da Cunha (rua Januário Barbosa s/ n na Vila Nasser) e Cras Henedina Hugo Rodrigues (rua Jaci Maria de Azevedo Mora, 164 no Vida Nova Vida Nova). Em todos os locais, as atividades serão disponibilizadas no período matutino e vespertino.

“A administração do prefeito Nelson Trad Filho se preocupa muito com a terceira idade. O Governo Federal criou o projeto e nós fomos atrás de captar os recursos para desenvolver o projeto em Campo Grande. Estou muito feliz por este projeto que se inicia, que cuida da saúde, da autoestima dos nossos idosos, além de socializá-los. Tenho carinho especial pela terceira idade e tenho certeza que este projeto será um sucesso”, diz o presidente da Funesp Carlo Alberto de Assis.

Serviço: O projeto terá duração de um ano. Para participar basta se inscrever em um dos quatro pontos de funcionamento do programa.

 

Fonte/Autor: Assessoria Funesp