A corrida ao PT

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 2 de agosto de 2001 as 13:16, por: cdb

As pesquisas de opinião tem a qualidade – ou o defeito – de fazer com que muita gente mude de idéia com uma rapidez espantosa. O PT, como líder nas pesquisas de opinião para vencer de braçadas a eleição presidencial do ano que vem, se transformou na primadona da política nacional. Da mesma forma como aconteceu com o PN, se é que alguém se lembra desta sigla, quando Collor venceu as eleições de 1990. Só se falava naquele partideco de gaveta e foi um inchaço sem tamanho na legendinha de conveniência.
Com o Partido dos Trabalhadores, no entanto, a impressão é que há um filtro mais apurado, capaz de deter na porta da frente os oportunistas de plantão. Mas sempre restam algumas janelas por onde ingressam aqueles que conhecem apenas os semitons do poder, independentemente da cor estampada na bandeira da legenda partidária.
Agora que o PT está pronto a realizar suas eleições diretas, em um colégio eleitoral de 924.597 filiados aptos a votar, em todo o País, será possível conhecer a face dos próximos governantes brasileiros.
Com certeza, será bem diferente dos atuais. Mas se prestarmos bem a atenção, aqui e acolá vai sempre aparecer uma cara conhecida de outros carnavais, figurinhas carimbadas desde era Sarney até hoje.