28/03/2012 – Construtora da planta de amônia e uréia da Petrobras priorizará contratação de mão-de-obra local

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 28 de março de 2012 as 13:45, por: cdb

O gerente da Empreendimento Egesa Engenharia, Danilo Porto Campos, enviou carta de apresentação ao prefeito Anderson Adauto, no último dia 23 de março. Ele informa que a empresa iniciou a execução dos serviços de terraplenagem e drenagem pluvial para implantação da Unidade de Fertilizantes Nitrogenados (UFN-V), a chamada planta de amônia e uréia da Petrobras, no Distrito Industrial III.
O contrato tem previsão para ser realizado em 261 dias, a partir da assinatura em 10 de janeiro anterior. Danilo Campos declara que a empresa, consciente de sua responsabilidade com a sociedade, informa que a prioridade em contratação de mão-de-obra é local, disponibilizado por hora maior oportunidade de emprego, aquecimento de renda e do comércio, com escritório de apoio para entrega de currículos na rua Dolores Cunha Campos, 125, Jardim Alexandre Campos.
O dirigente da Egesa relata que todos os contratos com empresas terceirizadas são celebrados mediante confirmação de atendimentos à legislação municipal, estadual e federal. “Atentamos para atendimento aos requisitos legais trabalhistas vigentes, sendo assim de responsabilidade da empresa com seus funcionários: alimentação, plano de saúde e odontológico, moradia para mão-de-obra externa, transporte para deslocamento às unidades de trabalho”, pontua.