“Estou caminhando”, diz Chávez em Cuba

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 1 de março de 2012 as 14:14, por: cdb

O presidente da Repúblicada Venezuela, Hugo Chávez, fe zum contato telefónico com o ministro da Energia e Petróleo, Rafael Ramírez, para manifestar sua satisfação pelas conquistas da Grande Missão Moradia Venezuela e informar sobre sua recuperação.
O chefe de Estado assegurou que está sentindo-se bem e afirmou: “Estou me recuperando”. “Estou muito feliz e maravilhado de como avança a Grande Missão Moradia Venezuela”, destacou o presidente.

Sobre sua recuperação, Chávez assinalou: “desde ontem estou caminhando, estou com uma dieta muito boae fazendo caminhadas. Conversei com Elias Jaua, com Jorge Arreaza, designando algumas diretivas, e fiquei muito feliz de cómo designaram recursos à Missão Amor Maior”, disse noprimeiro contato telefônico desde Cuba depois de ser operado.

Chávez agradeceu à equipe médica e às pessoas que se preocupam com seu estado de saúde e pediu que fizessem orações para que tenha vida e saúde.

Hugo Chávez acompanha de perto a situação da Venezuela a partir de reuniões com integrantes de seu gabinete, enquanto recupera-se da operação.

Segundo um comunicado da Presidência venezuelana – divulgado aqui pouco depois da operação do início da semana- o estadista cumpre um plano de recuperação e evolui satisfatoriamente.

O ministro venezuelano de Ciência e Tecnologia, Jorge Arreaza, informou na quarta-feira (29) que o presidente falou por telefone com o vice-presidente Executivo, Elias Jaua, e o titular de Indústrias, Ricardo Menéndez, sobre o desenvolvimento de programas sociais, entre eles o destinado a aumentar o número de empregos.

Arreaza – que acompanha em Cuba o líder socialista – assinalou que Chávez também avaliou com o ministro de Transporte Terrestre, Juan de Jesus García, a situação de obras de infraestrutura em execução.

Fiel a sua paixão pelo esporte, o presidente da Venezuela também acompanhou o resultado do jogo amistoso de futebol entre a seleção de seu país e a campeã mundial Espanha, vencido pelos ibéricos por 5 a 0.

“Comentamos a partida Venezuela e Espanha. O presidente lamentou a derrota por goleada, mas destacou que sabe que o time está concentrado em se classificar para a Copa do Mundo.

Para os chavistas, a ação do presidente joga por terra a tese da oposição venezuelana sobre o suposto vazio de poder que seu tratamento médico gera.

Fonte: Cubadebate e Prensa Latina

Atualizada às 17h06 para acréscimo de informações

 

..